SUV VW T-Cross já está à venda

0
257

A VW acaba de lançar em Portugal o novo T-Cross, o mais compacto dos SUV da marca. Partilhando a plataforma MQB A0 com o “irmão” Polo ou os primos Audi A1 e Seat Ibiza, o T-Cross mede 4,11 metros de comprimento (quase 120 mm menos do que um T-Roc e mais 54 mm do que um Polo), mas as dimensões contidas não comprometem nem o espaço a bordo, nem a bagageira, com uns anunciados 455 litros de capacidade, desde que tire partido da possibilidade de regular longitudinalmente o banco traseiro (só desliza por inteiro) em até 140 mm. Se não tirar partido desta funcionalidade, a capacidade do espaço de carga é de aproximadamente 400 litros, um valor ainda assim muito competitivo para um SUV que, não nos podemos esquecer, é do segmento B (utilitários). A gama de motores nesta fase de lançamento compreende duas unidades 1.0 TSI com 95 cv e 115 cv. A primeira é sempre associada a uma caixa manual de 5 velocidades, já a variante mais potente será combinada com a transmissão manual de 6 relações ou a habitual DSG (dupla embraiagem) de sete. A gama também foi simplificada, contando apenas com três níveis: T-Roc (base) com o 1.0 TSI de 95 cv; Life, disponível com os 1.0 TSI de 95 e 115 cv e caixas manuais ou DSG e Style, este último apenas com o 1.0 TSI de 115 cv. Estes patamares podem ser associados a diferentes pacotes de equipamento e linhas de estilo, com destaque para a sempre desejável R-Line de pendor mais dinâmico e que em muito contribui para o sex-appeal do T-Cross. Os preços do 1.0 TSI de 95 cv começam nos 18 770€ da versão base e seguem com os 21 131€ do Life. Já a variante de 115 cv começa nos 22 262€ do nível Life e termina nos 25 620€ do Style. Se quiser optar pela caixa DSG, o 1.0 TSI 115 cv Life custa 23 859€ e o Style 27 216€. Comum a todas as versões é a garantia de 5 anos ou 100 000 km e uma extensa lista de equipamento de segurança que inclui de série o Front Assist juntamente com o sistema de deteção de peões (Pedestrian Monitoring), a função de travagem de emergência em cidade (City Emergency Brake), o sistema de aviso de mudança de faixa de rodagem (Lane Assist), bem como o assistente de “ângulo morto”. De realçar ainda que a gama T-Cross será reforçada em junho com a chegada da variante equipada com o 1.6 TDI de 95 cv, nas versões de caixa manual de seis relações e a DSG de sete.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here