Mão cheia de novidades Honda

0
217

A Honda acaba de lançar em Portugal a 5ª geração do bem sucedido Honda CR-V. A grande novidade, e a aposta da marca no mercado nacional, é a versão híbrida 2.0 i-MMD, que combina um motor 2.0 a gasolina (a funcionar no ciclo de Atkinson) com dois motores elétricos alimentados por uma bateria de Iões de Lítio com 1,8 kW de capacidade. A potência combinada anunciada é de 184 cv e o binário de 315 Nm e os consumos médios são de apenas 5,3 l/100 Km ou 5,5 l/100 km se considerarmos a versão 4×4. Mais uma vez, a questão da classificação das classes de portagens torna a variante de tração integral menos interessante já que, ao contrário da sua congénere 2WD, é sempre Classe 2. Convém no entanto referir que mesmo o CR-V 4×2 só paga Classe 1 quando associado ao dispositivo Via Verde.

Outra curiosidade prende-se com a versão de sete lugares, outra estreia na gama CR-V, embora esta só esteja disponível com o motor 1.5 turbo a gasolina e tração integral que custa 41 100€. Por falar nos preços, a versão 1.5 i-VTEC começa nos 32 950€ do Comfort 2WD, segue com os 35 200€ do nível Elegance Navi e chega aos 38 800€ do 4×4 Lifestyle com 5 lugares. Já o mais interessante CR-V Hybrid 2WD começa nos 38 500€ do Comfort, continua com os 40 425€ do nível Elegance Navi e chega aos 43 900€ do Lifestyle. Como referimos, o 4WD Executive é penalizado pelas portagens e pelo preço final (51 100€).

Outra novidade da Honda é que o compromisso para 2025 passa a ser o da total eletrificação da gama, contra os 2/3 anunciados anteriormente, acelerando assim uma tendência que é comum a todos os construtores.

Por fim, foi divulgado o calendário de lançamentos da marca japonesa para 2019 em Portugal. Ainda em março, a gama Civic vai receber o reforço de um novo nível de equipamento Dynamic que, como o nome sugere, tem um pendor mais desportivo. Em julho chega o facelift do SUV HR-V, modelo que, em setembro, recebe o motor 1.5 Turbo que conhecemos de outros modelos da marca. Também em setembro, o Civic Sedan passa a estar disponível com o competitivo motor 1.0T. No final do ano (ou começo de 2020) deverá chegar o tão antecipado Honda Urban EV que, segundo a marca, em quase nada difere do apresentado no último Salão de Genebra. Este modelo será 100% elétrico, terá quatro lugares e irá manter os três painéis digitais mostrados no concept. As alterações poderão passar pelo ponto de carregamento (ao centro do capot) e pela manutenção, ou não, das câmaras a substituírem os retrovisores exteriores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here