Elétricos coreanos perdem autonomia

0
142

A Hyundai e a Kia procederam à correção dos dados de autonomia homologados pelos testes WLTP, devido a uma metodologia de teste incorreta que gerou resultados errados, acidentalmente aprovados pela organização. De acordo com os comunicados das marcas, o Kia e-Niro e o Hyundai Kauai EV, foram submetidos a testes em “ciclo urbano” por um período de tempo incorreto e desproporcionado, reduzindo assim a energia requerida para mover o veículo, tendo como consequência, valores irreais no que diz respeito a autonomia das baterias.
Tendo isto em conta, o Kauai EV com a bateria de 39 kWh tem agora 289 km de autonomia ao invés de 312 km. Com a bateria de maior capacidade, de 64 kWh, o elétrico passou de 482 km para 449 km de autonomia.

No lado da Kia, o e-Niro com a bateria de menor capacidade registou uma perda de 312 para 289 km, enquanto com a de 64 kWh, passou dos 485 para os 455 km.

Este problema foi identificado pelas próprias marcas devido a um novo processo de homologação de um veículo elétrico com as mesmas baterias, muito provavelmente do novo Kia Soul EV, que registou testes muito inconsistentes comparativamente com os dois modelos afetados.

A Kia está neste momento a comunicar com os consumidores que já encomendaram o novo e-Niro para explicar este erro nos resultados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here